domingo, 11 de dezembro de 2011

Mágoas e Recentimentos

A vida é repleta de acontecimentos bons Jóia e ruins Desanimado.

Geralmente o ser humano potencializa os ruins e os bons ficam perdidos ou esquecidos.

Quanto desses acontecimentos ruins se transformam em mágoas, ressentimentos, que se carrega durante toda uma vida. Podem até estar adormecidos, mas quando algo leva a lembrança, a mesma dor surge como se estivesse vivendo no momento presente.

Mágoas e recentimentos aborrecido nada mais é que Assuntos Pendentes, coisas mal resolvidas, ou melhor, não resolvidas.

Quando a dor da mágoa permanece é
porque nos tornamos rígidos e radicais. E a rigidez é um material duro, forte, difícil de desfazer, dissolver.

E para dissolver ou desfazer o processo se torna longo e desgastante.

É como falar de uma conta bancária onde o limite de crédito foi utilizado. Ou seja, gasta-se mais do que se tem, e o saldo negativo produz juros, tornando cada vez mais difícil se saldar a dívida.

Então assuntos pendentes são como dívidas acumuladas, o resultado pode ser representado como um extrato bancário, onde não se vê números, mas a quantidade de dívidas adquiridas em relacionamentos de todos os tipos: família, empregos, amores, amizades.

Isso acontece quando nos percebemos sempre certos e a outra parte como errada, mas pode ter certeza que a outra parte percebe do mesmo jeito. E afinal, quem está com a razão?

Dar a palavra final, ou um ponto final a uma história, nem sempre é o fim, pode ser o começo de tudo, pois não significa que ficou resolvido. Tirar alguém ou uma situação de sua vida, forçando a não lembrar, não encontrar, não se relacionar é o mesmo que brincar de faz de conta, pois ao menor sinal de reencontro, seja por se relacionar com uma pessoa ou situação que lembra o sentimento, a sensação ruim toma conta.

Nesta hora o que fazer? Fugir Na correria, evitar, para que não aconteça tudo novamente? A certeza é tão grande assim que não deve arriscar?

Quem sabe se evitar a fuga e enfrentar a situação nova que lembra a velha pode ser uma maneira de superação, uma forma de encontrar a solução, adotando diferentes atitudes e comportamentos, aceitando o que não deu certo no passado, livrando-se de mágoas e rancores, descobrindo a magia da flexibilidade e do perdão para si mesmo e para os outros.

Pense nisso ao se relacionar com o novo trabalho, em situações que se repetem em casa com a família ou quando surgir um novo amor ou amizade.

A vida é repleta de acontecimentos, bons e ruins, valorize e recorde mais dos bons, livrando-se dos assuntos pendentes, dando um ponto final em suas histórias de verdade e não brincando de faz de conta, assim seu saldo na vida será sempre positivo Jóia.

Pratique começando pela escolha de um assunto pendente, dando o primeiro passo e vencendo as barreiras do orgulho, o saldo será de entradas e saídas dentro do seu orçamento da vida; e caso a outra parte não seja receptiva, aí a dívida, o assunto pendente, passa a ser só dela.