sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Palestra CRM - Customer Relationship Management

Participei deste evento e resolvi compartilhar para reforçar a importância de estar sempre ampliando nossa rede de relacionamentos. O grupo Mulheres de Negócios conta hoje com mais de 3 mil integrantes. Imagine o que isso pode propiciar em termos de aprendizado, troca de informações, conhecimentos, novas metologias, tecnologia e por ai vai. Encontrei mulheres que tocam seus negócios e buscam informações e atualização para se manterem e crescerem dentro do mercado. A exemplo disso deixo aqui registrado que a frase muito conhecida "Querer é Poder" acontece. Pense nisso!

CRM nunca é demais.  

Por Gladis Costa - Fundadora do Grupo "Mulheres de Negócios" no Linkedin.
 
No 10o. Encontro do Grupo “Mulheres de Negócios” do LinkedIn, que aconteceu no último dia 17 em São Paulo e que contou com o patrocínio da PTC, Miriam Bretzke, criadora da Bretzke Marketing de Relacionamento, apresentou as tendências desta iniciativa que tem o objetivo de melhorar e personalizar a relação empresa/cliente ou usuário.
Como todo assunto que envolve serviços e consumidores, o debate rendeu muito. Os participantes, além de representantes do mercado corporativo, são também, usuários de vários serviços e como consumidores satisfeitos ou não, apresentaram vários depoimentos de serviços bons e alguns nem tanto assim.
A estratégia da Bretzke envolve todas as etapas de construção de um bom relacionamento, desde a definição dos objetivos estratégicos, análise da base de clientes, definição das ações, passando por várias fases, até a análise dos resultados/métricas, sempre com o objetivo de melhoria contínua entre as duas partes e um mensurável retorno do investimento realizado nas ações.
Consenso entre os participantes do evento é que, embora as empresas invistam muito em tecnologia, o consumidor ainda se sente frustrado com o que lhe é oferecido, sinal de que ainda falta muito para a tal “personalização” dos serviços, um dos pontos muito comentados durante evento, com apresentação de cases de empresas, que, ainda que imbuídas da maior boa vontade, pecam ao oferecer serviços que ficam longe de atender os desejos do consumidor, hoje, muito mais exigente, “antenado”, informado, paparicado e principalmente usuário de mídias sociais, que difundem instantaneamente o que as empresas fazem de bom e de ruim.
A mensagem que foi passada, de forma clara e objetiva , é que as empresas – grandes ou pequenas, de qualquer segmento ou indústria, precisam ter uma visão integrada do cliente - que muitas ainda não têm, adotar novas práticas de gestão, desenvolver estratégias e táticas de marketing, integrar seus canais de relacionamento de uma forma consistente e contínua, proporcionando ao cliente a sensação de que ele é realmente único, exclusivo, estratégico para elas, e garantindo para esta empresa o contínuo retorno de investimento, leia-se “mais vendas”.
Sim, cliente feliz compra muito e sempre, e o mais importante, fala da empresa para todo mundo. É o marketing boca-a-boca, uma ação viral, rápida, simples e eficiente, como toda campanha de marketing deve ser!