sábado, 5 de novembro de 2011

Gerações e suas diferenças

Muito se fala sobre a diferença das gerações. Isso já vem de épocas antigas em que a mudança de comportamentos, valores e costumes acontecem e a frase "No meu tempo isso não era assim" é muito comum nas conversas entre avós, pais, filhos, netos...

Trazendo essa mudança de tempos em tempos para a vida profissional surgiram as nomenclaturas das gerações que são:

Geração dos Veteranos - Geração Baby Boomer - Geração X - Geração Y.

A seguir uma breve descrição de cada uma delas:

Geração dos Veteranos - Período aproximado do nascimento - 1920 a 1945.

Pessoas obedientes, respeitam a autoridade e seguem regras a risca. Buscam a estabilidade, ser paciente é uma qualidade e honra tem que estar acima de qualquer suspeita.

Geração Baby Boomer - Período aproximado do nascimento - 1946 a 1960.

Pessoas otimistas, contagiantes e direcionadas ao trabalho em equipe. Trabalhadores incansáveis e pioneiros na valorização da qualidade de vida.

Geração X - Período aproximado do nascimento - 1961 a 1980.

Realistas, objetivos, práticos, confiantes e de autoestima mais elevada em comparativo com as outras gerações. Mais questionadores também quanto a autoridade, mas ainda preservam o respeito por elas. Buscam o equilíbrio entre vida pessoal e profissional, valorizam o status e não querem viver somente para o trabalho.

Geração Y - Período aproximado do nascimento - 1981 a 2000.

Questionadores e necessitam de respostas, convincentes, é claro. Encaram a autoridade sem barreiras de comunicação e costumam ser informais no trato com pessoas de elevada hierarquia. Individualistas, buscam prazer no trabalho e mudam sempre que não o encontram. Com essas características costumam ter bons resultados em negociações.



Vale ressaltar que todas elas com suas características são importantes para o mercado de trabalho e terão destaque, aqueles, que tiverem a capacidade de conviver e utilizar em conjunto o que apresentam de melhor.

imagem
Aproveite para verificar com qual delas se identifica e dentro de seu ambiente de trabalho analise as pessoas. Com a sua identificação e a de seus colegas aprenda a lidar com as diferenças e a explorar o melhor de si e dos outros, desenvolvendo assim a competência de integração e adaptação social, muito requerida no mercado atual.